M A N H Ã S

Luz da manhã que clareia 
O Sol desbota a madeira 
Manchando os móveis 
E os automóveis anunciando um novo dia
Manhã que passa bem devagar 
Revela as cores do dia
O vento, a obra
As ruas tortas
Um prédio cinza e rosa
Manhãs tão lentas 
Manhãs tão nossas 
Manhãs tão vivas e mortas

manhãs.jpg