J A N E L A

Da minha janela
Eu vejo a vida passar 
Da minha janela
Eu tenho a vista pro mar
Vejo a vida e sinto a brisa 
Vejo a vida e me sinto viva 
Vejo as mesmas rotinas por trás das cortinas
E penso: É a vida
Vidas por trás das vitrines 
Em meio as molduras de um edifício jantar, sofá e TV 
Sexos nas alturas
E nos precipícios