E S P E R A

Nem me lembro há quanto tempo continuo a te esperar
Eu nem quis trancar a porta, esperei você voltar
Esperava que inclusive
Nunca fosse te esperar 
Eu morro só de imaginar 
se um dia você for voltar
Quanto tempo em pouco tempo 
Tudo que a gente viveu 
Tanto parecia pouco
que a gente se perdeu
Eu me lembro exatamente 
Quando o tempo nos venceu 
Eu fui embora e doeu
E hoje quem espera ainda sou eu

espera.jpg